VIDEOS DE ESCALADA – MEUS PREFERIDOS DE 2014

Nós escaladores normalmente somos loucos por vídeos de escalada. Bom, pelo menos 99% dos escaladores que eu conheço. Nessa de mania de listas, resolvi compartilhar os vídeos que mais me impressionaram, dos escaladores mais monstros, nas vias mais incríveis (sem nenhuma ordem especial).

patagonia-dreaming-2

Marc Andre Lecrerc no video Patagonia Dreaming

 

div-black

MARK TWIGHT´S BEYOND GOOD AND EVIL, DA MILLET

 

Sou uma fã incondicional do Twight. Sua ousadia e ética, e até sua arrogância, seguem sem paralelos nos dias atuais, ainda que seus seguidores estejam chegando cada vez mais perto. Infelizmente na época que ele fez suas ascensões mais importantes não existia a parafernália de filmagem e documentação que existe hoje pra que pudéssemos assistir um mestre como ele em ação, mas também talvez seja por isso que como escritor ele é tão bom. Neste vídeo é possível ver pelo menos ele comentando uma de suas primeiras ascensões mais ousadas, que é também uma das mais importantes da história da escalada alpina.

 

div-black

DESERT ICE, DA 3 STRINGS PRODUCTIONS
PARA ARC´TERYX

 

Ótima edição, trilha sonora criativa, roteiro fluído, atletas de elite, vias incríveis e imagens ainda mais inspiradoras. É o tipo de vídeo que faz você pensar “por que eu estou aqui assistindo esse vídeo incrível ao invés de estar escalando?” O vídeo mostra o passo a passo de um dia de escalada em gelo: a aproximação, a avaliação e escolha da via, preparação, ansiedade… dá vontade de pular pra dentro do cenário e escalar junto! Eu particularmente adoro vídeos de escalada que não tem pretensão, sem glamour, e mostram todos os lados – inclusive os ruins e feios – da escalada, sem querer transformar os protagonistas em celebridades, e esse é justamente assim.

 

div-black

PATAGONIA DREAMING, DA ARC´TERYX E ALIAS CINEMA

 

Não sou desses loucos por Patagônia. Nunca estive lá. Não tenho nível pra escalar nos maciços do Fitz Roy ou Torre, e não sei se algum dia terei. Bom, talvez de segunda, ou guiando as partes de gelo. De qualquer maneira, pra mim a Patagônia é o tipo de lugar com o qual eu não me permito sonhar muito, porque me parece muito fora de alcance. Este é provavelmente o vídeo que eu mais assisti em 2014 (além do Move e 35 que são do ano passado), literalmente, no repeat. E de fato, me deu vontade de escalar na Patagônia. Todas as vezes antes de sair pra escalar as montanhas mais sérias onde estive na Cordilheira Branca em 2014, eu assistia esse video pra me colocar no estado de concentração necessário, especialmente inspirada por alguns dos alpinistas jovens mais talentosos da atualidade – os canadenses Jason Kruk e Marc-Andre Leclerc. E o que é aquela capinha de gelo em 5:24? Tenso! E pra fechar no final, uma frase com a qual todos nós nos identificamos: “neste momento a coisa mais importante é escalar nas montanhas”. Talvez não só agora, mas pra alguns, sempre.

 

div-black

PLACE OF HAPPINESS, DA ADIDAS

 

A Mayan Smith-Gobat é uma das minhas escaladoras de rocha preferidas. Forte tanto em esportiva como em big wall, ela é o oposto do estereótipo da namorada-de-escalador-que-também-escala, frágil e princesinha. Isso não serve pra nada na montanha, menos ainda de inspiração fora dela. Além disso, ela sempre está escalando vias super interessantes em lugares exóticos do mundo, como Punks in the Gym na Austrália, e também na Tasmania. Não sei porque não me surpreendi quando ela e Ben Rueck vieram escalar a Place of Happiness no Brasil, que pra mim é uma das vias mais bonitas e casca grossa que temos. Também gostei de o fato da edição ser bem relaxada, fazendo um paralelo com o dia a dia do interior e da comunidade perto da Pedra Riscada.

https://www.youtube.com/watch?v=FeMR0qa9JBY

 

div-black

OFF WIDTH OUTLAW, DE CELIN SERBO

 

Ainda precisa explicar quem é Pamela Shanti Pack? É quase bizarro o que esses escaladores de off width tem feito nos dias atuais, mas parece que tem funcionado pois tem cada vez mais gente se metendo a tentar os tais off widths. Eu adoro assistir, apesar de ter escalado bem pouco, e apenas no Peru, onde numa via onde dava pra ir por fora de uma fenda de meio corpo, eu sempre me metia pra dentro. Diversão pura! De uma certa maneira, a dor e o perrengue do off width são quase a versão “rocha” da escalada alpina. E esse vídeo mostra isso perfeitamente, além da Pamela ser a rainha desse tipo de escalada, e totalmente humilde e sem afetação.

 

div-black

JIRISHANCA, DE HANS HORNBERGER

 

Não podia deixar o Peru fora desta lista. Lógico que eu sou suspeita pra falar pois a Blanca é minha cordilheira preferida, mas é inegável que esteticamente é uma das cadeias de montanha mais bonitas e mais desafiadoras de qualquer continente. Normalmente eu não gosto de vídeos alemães pois são excessivamente dramáticos, arrastados e com trilhas sonoras péssimas, mas apesar disso, este vídeo mostra como poucos as imensas dificuldades de escalar as montanhas mais difícies das cordilheiras Branca e Huayhuash. A recompensa está bem documentada, principalmente quando eles chegam na parte mais alta da via. Apesar da escalada ter acontecido em 2012, o vídeo só saiu em 2014. Michi Wohlleben é outro garoto super talentoso que tem escalado vias extremamente difíceis e remotas pelo mundo.

 

div-black

Written by Cissa

Fanatic alpinist, rock climber, and wannabe surfer. Sports and travel content writer and graphic designer in the meantime. Self sponsored, based out of a haul bag.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.